Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/linhasde/public_html/templates/historia.php:8) in /home/linhasde/public_html/includes/inc_global.php on line 8
Artigos | História | Linhas de Torres Vedras
História

A Estratégia Peninsular de Wellington - Portugal e as Linhas de Torres Vedras

Donald D. Howard

Durante o período revolucionário, a França Napoleónica embrenhou-se num combate mortal com a maior parte da Europa durante mais de vinte e três anos . Esta luta foi marcada por vários acontecimentos cruciais que tiveram um impacto dramático sobre o futuro da Europa. As vitórias francesas na Itália, a destruição do Exército Austro-Russo em Austerlitz e as vitórias estrondosas sobre os Prussianos e Russos, em Jena e Friedland respectivamente, transformaram a Europa numa coutada francesa. De um modo semelhante, as vitórias aliadas na campanha russa e nas batalhas de Leipzig e Waterloo mudaram a estrutura da Europa. Na Península, os sucessos aliados como os de Bailen, Bussaco, Salamanca e Vitória tiveram um impacto devastador sobre a estratégia francesa, mas é discutível se qualquer destes acontecimentos teve um efeito mais significativo sobre o curso das Guerras Napoleónicas do que um combate pouco conhecido que ocorreu a 12 de Outubro de 1810 na insignificante aldeia do Sobral, situada nas montanhas de Portugal, longe do centro da Europa. Nesse dia, um exército francês sob o comando de um velho, famoso e admirado marechal, André Massena, foi travado já perto de Lisboa por um conjunto de fortes, conhecidos na história por Linhas de Torres Vedras. O vexame em Sobral veio a ser o ponto alto da expansão francesa na Península Ibérica. As consequências deste revés foram extremamente surpreendentes. Viriam a servir como agente catalisador para futuros acontecimentos na Europa.

[...]

Texto completo em PDF: Download do PDF